Durante o dia de hoje, 1% (do valor) das suas reservas será doado contra o câncer de mama
História de Bali

História de Bali

A história de Bali começa aproximadamente no ano 2500 a.C, quando um povo asiático migrou para a ilha.  

Os primeiros relatos da existência de Bali aparecem a partir do século VIII. No entanto, sabe-se que, ao final da pré-história, os hindus já haviam chegado à zona por meio da Península Indostânica, Java e Sumatra, bem como da presença da cultura chinesa no século VII.

Documentos datados do século X falam sobre uma dinastia governante em Bali, independente de Java. Desde então, as histórias de Java e Bali sempre se foram entrelaçando.

Bali foi independente até o século XIII, quando passou a depender dos reis de Singhasari, um reino de Java.

Em 1343, Bali, com a oposição dos balineses, passou a fazer parte do Império Javanês de Madjapahit, que havia substituído ao reino de Singhasari.

No final do século XV, Bali independizou-se de Java. No século XVI, é criado em Bali o reino de Gelgel. O rei Dalem Waturenggong chegou inclusive a conquistar parte da ilha de Java.

O século XVI é o Século de Ouro de Bali. A chegada do islamismo a Java contribuiu para isso, já que grande parte da aristocracia, dos intelectuais e artistas javaneses emigraram para Bali, de tal forma que seu peso e influência na região passou  a ser muito importante e a ilha se converteu no centro da cultura indojavanesa.

No final do século XVI, começou uma época de instabilidade, com guerras internas que favoreceram o nascimento de diversos reinos em Bali.

A chegada dos holandeses

Em 1585, os portugueses chegaram à ilha e, em 1597, foi a vez dos holandeses. O holandês Cornelis Houtman reclamou Bali para a coroa holandesa e, seis anos mais tarde, a todo-poderosa Companhia Holandesa das Índias Orientais chegaria à ilha, onde se dedicou ao comércio do ópio e de escravos.

Em 1743, o príncipe de Surakarta de Java cedeu seus direitos aos holandeses.

Em meados do século XIX, os holandeses decidiram controlar a ilha pela força e iniciaram sua conquista, com conflitos que não terminariam até 1908.

Em 1942, durante a Segunda Guerra Mundial, o exército japonês ocupou Bali, que foi liberada pelos aliados em 1945.

Em 1946, a ilha foi ocupada novamente pelos holandeses, que tinham o propósito de seguir controlando a colônia, mas chocaram com o poder do jovem Sukarno, que conseguiria a independência de toda a Indonésia, em 1949.

Desde então, Bali pertence à República da Indonésia.

Bali é hoje uma ilha exótica, com muitos atrativos para o turismo, incrível beleza natural e uma cultura milenar que cativa seus visitantes.